M

Trabalhamos na sombra, porque acreditamos que os protagonistas são as marcas que trabalhamos e não nós.

Isto é ser Social Ninjas.

Conecte-se connosco:
Fb Li In Tw 

Agência de Marketing | Social Ninjas

Mandamentos do Twitter | Agência de Marketing | Social Ninjas

Os 10 Mandamentos do Twitter

Em Janeiro de 2020, a Joana Rita Sousa esteve dois dias na Social Ninjas a dar-nos formação em Twitter, os quais terminaram com a definição dos nossos 10 mandamentos do Twitter. Mas, na verdade, esses 10 mandamentos podem ser aplicados a qualquer marca nesta rede social e, por isso, partilhamo-los em baixo:

 

 

1. Tweetarás até que o piu te falhe

Enquanto profissionais de marketing digital, uma das coisas que mais nos perguntamos é qual a frequência com que devemos publicar em cada rede social.

O feed do Twitter move-se a uma velocidade vertiginosa, devido ao seu algoritmo, o que o torna numa plataforma única e do imediato.

Se no Facebook e Instagram é habitual publicarmos, no máximo, 1 vez por dia, no Twitter é recomendado publicar, pelo menos, 10 vezes por dia ou até mesmo 20 a 30 (ou mais!).

 

2. Não deixarás que um tweet tenha sido em vão

Qualidade e consistência são importantes. E mais vale tweetar 5 ou 6 vezes por dia com conteúdo que o nosso público de facto deseje, do que 20 vezes por dia com conteúdo que será ignorado.

Uma boa prática é começar com poucos tweets (digamos 3 a 5 por dia) e monitorizar os resultados. Podemos ir aumentando gradualmente até aos 10, medindo sempre a performance dos conteúdos. E ir continuando a testar diferentes tipos e número de tweets até encontrarmos a nossa frequência ideal.

 

3. Não deixarás uma menção pendurada

O Twitter dá-nos a possibilidade de oferecer experiências incríveis e marcantes aos nossos clientes. Não importa o nosso setor.

As respostas e as menções são duas das ferramentas mais poderosas do Twitter. E podem ajudar-nos a construir relações fortes e a manter os clientes satisfeitos.

E se se está a questionar sobre qual é o retorno do investimento em comunicar em mais uma rede social e a responder às pessoas que mencionam a sua marca ou tópicos relacionados com a mesma, lembre-se sempre: agora, mais do que nunca, as relações humanas importam e muito.

Muitas empresas esperam por uma crise de comunicação para entrar no Twitter e tentar conter as mensagens negativas ou para responder quando surge um problema de atendimento ao cliente. Mas, tirar partido das potencialidades do Twitter requer muito mais do que isso.

Uma simples menção, um “obrigado” ou um “gosto” pode ajudar muito. Como Scott McLeod referiu:

“Não é sobre quantos tweets ou publicações conseguimos fazer com as hashtags certas, mas qual o número de clientes que conseguimos ajudar e quantos deles permanecem nossos clientes.”

 

4. Olharás à tua volta antes de tweetar

Um dos fatores mais importantes do Twitter é o contexto. E, segundo a Joana:

“É fundamental aproveitar o que está a acontecer. Temos de planear para o previsível (dia da mãe, por exemplo) e para o imprevisível (as indignações, por exemplo).”

 

5. Não negarás uma boa conversa

O Twitter dá-nos a possibilidade de promovermos os nossos produtos e serviços, de resolver problemas e reclamações de clientes mas, acima de tudo, de nos conectarmos com os nossos potenciais e atuais clientes. E, tudo isto, em forma de conversa (e não em forma de discurso de venda).

O Twitter permite termos uma presença pessoal e o mais próximo de uma pessoa real, enquanto promovemos uma comunicação mais próxima, interativa e direta com os consumidores da nossa marca.

 

6. Não recusarás os bons dias à comunidade

Algumas pessoas usam o Twitter por motivos horríveis. Mas muitos outros usam-no para o bem, tornando esta rede social uma força de informações e ideias positivas.

O Twitter assemelha-se muito a um café, onde debatemos e conversamos com amigos (e até com estranhos). Por isso, é também uma boa prática dar os “bons dias” aos seus seguidores.

 

 

7. Guardarás para sempre as boas ideias

De artigos e threads a vídeos e GIFs, as timelines do Twitter estão repletas de Tweets que nem sempre temos tempo de explorar no momento em que os vemos.

Em 2018, o Twitter lançou a funcionalidade Twitter Bookmark precisamente para nos ajudar a guardar Tweets para visualizarmos mais tarde, de forma prática e rápida.

 

8. Seguirás quem te acrescente valor

Existem diversos aspectos a ter em conta quando se trata de decidir quais contas seguir (ou seguir de volta), incluindo o conteúdo, o sector e se que o outro utilizador é adepto do jogo “Seguir / Deixar de seguir”.

Por outro lado, pode sempre aproveitar esta oportunidade para mostrar um lado mais humorístico ou criativo da sua marca. Por exemplo, a conta oficial do KFC segue apenas as 5 ex-Spice Girls e 6 homens com o nome Herb – uma referência à mistura secreta de 11 ervas e especiarias usadas na receita de frango frio do Coronel Sanders.

 

 

9. Crescerás de mãos dadas com a comunidade

O Twitter foi lançado em 2006 e, apesar de ser considerada uma das principais redes sociais, muitas empresas ainda não perceberam como podem tirar partido desta.

Há quem entenda o quão importante é ter um perfil no Twitter e gerar interação com os seus seguidores, mas a maioria não tem uma estratégia definida para alcançar esse objetivo. A verdade é que: no Twitter, tudo começa com a construção de uma comunidade.

Uma empresa com uma presença ativa no Twitter e que constrói uma comunidade nesta rede, irá muito além dos gostos e dos seguidores.

 

10. Hashtagarás até que o piu te doa

A maioria dos profissionais de marketing digital já sabe o quão é importante tirar partido das hashtags que são tendência no Twitter, sempre que possível. Mas o que pode não saber é qual a extensão do poder de usar uma trend hashtag, em termos de visibilidade de um tweet.

Incluir hashtags populares e de tendências do Twitter nos tweets da sua marca é uma excelente forma de aumentar o alcance das suas mensagens, além dos seus seguidores.

Publicar um comentário: